Vença a crise abrindo um negócio. Saiba como!

Quando o país vive uma crise econômica como a que o Brasil enfrenta atualmente, o normal é que as pessoas gastem menos, as empresas invistam menos em melhorias e, naturalmente, os empreendedores precisam de criatividade para manter os seus negócios em operação.

Em um contexto como esse é natural que aqueles que buscam abrir um negócio próprio acabem escolhendo esperar um pouco, justamente com receio de começar uma empresa durante a crise e os resultados acabarem demorando mais que o esperado para chegar. Mas será que esse pensamento é o mais indicado?

No post de hoje vamos mostrar o que fazer para que você vença a crise abrindo um negócio com estas cinco dicas incríveis.

Por que empreender em tempos de crise?

Existe uma explicação matemática para esta pergunta. Diversos estudos de negócios mostram que empresas em fase inicial com investimentos de até um milhão de reais podem demorar até dois anos para atingir seu ponto de equilíbrio e, em média, levam 3-4 anos para recuperar o investimento inicial.

Por outro lado, as últimas crises econômicas que vivemos não foram muito duradouras, mas cíclicas. Isso significa que a crise se instaura, mas depois de um tempo se dissipa. No caso desta que vivemos atualmente, os economistas afirmam que ela deve começar a sumir em cerca de dois anos. Claro, essas informações são especulatórias, mas é com base nelas que os empresários tomam suas decisões.

Ou seja, pode ser que valha bastante a pena começar um negócio agora, pois de qualquer forma uma empresa em fase inicial vai ter suas dificuldades de crescimento. O tempo que leva para fazer um negócio novo deslanchar pode ser o mesmo, tanto em momentos de crise quanto em situações normais, e, no fim das contas, o tempo de empreendimento na crise pode ser bom para que você teste hipóteses de negócio.

Cinco dicas para você abrir um negócio para vencer a crise

1. Aposte na sua experiência de mercado

Apesar de estarmos falando sobre empreender na crise, as dicas que separamos aqui fazem sentido para quem vai empreender em qualquer contexto. Ninguém consegue ter sucesso com uma empresa que não tenha nada a ver com seu histórico profissional. Por isso, na hora de empreender, aposte mais naqueles segmentos nos quais você já tem experiência e conhecimento do mercado.

2. Adquira mais conhecimento

Em momentos de crise, aumentar o seu rol de conhecimento é sempre uma boa atitude, tanto para conquistar uma vaga de trabalho quanto para abrir sua empresa. No mundo digital e veloz em que vivemos hoje, é fundamental que você se atualize sempre.

3. Tenha um bom plano de negócios

Não basta ter uma ideia incrível para construir um negócio de sucesso. É preciso que, acima de tudo, você tenha noção de como esse negócio pode ser rentável e lucrativo. Essa visão se constrói através de um plano de negócios.

4. Gere valor real para o seu cliente

Consumidores dos mais variados segmentos buscam produtos e serviços que agreguem valor para sua vida e solucionem seus problemas. Do contrário eles não vão querer pagar por isso. Na hora de desenvolver sua empresa, pensar: qual valor estou gerando para o meu cliente?

5. Cuide do seu dinheiro

Ter cuidado com o orçamento de uma empresa nascente é fundamental, ainda mais se estamos falando sobre abrir um negócio em um momento de crise. Invista seu dinheiro com inteligência apenas naquilo que é fundamental para a operação e lembre-se de sempre manter um bom capital de giro.

Se gostou das dicas para abrir um negócio, comente no nosso blog.