Loader
41_QueroRenda

Você conhece o Tesouro Direto?

Se você tem vontade de investir, mas acha que não tem tempo ou dinheiro para isso, significa que você ainda não conhece o Tesouro Direto.

O Tesouro Direto surgiu em 2002 como fruto de uma parceria entre o Tesouro Nacional e a B3. Esse projeto tem como objetivo possibilitar o acesso de toda a população aos títulos públicos e democratizar o acesso ao mundo dos investimentos, com aplicações no valor mínimo de R$ 30,00.

Existem algumas modalidades diferentes de investimentos no Tesouro Direto e, abaixo, explicamos um pouco de cada uma. Mas lembre-se, é importante se aprofundar mais no assunto antes de se tornar um investidor.

Tesouro Pré-fixado

O Tesouro Pré-fixado é a modalidade onde, desde o início da aplicação, você já sabe quanto vai receber no fim. Isso acontece porque a taxa de juros é pré-fixada e por isso é feito um cálculo preciso do valor do investimento.

O Tesouro Direto é ideal para você construir da sua reserva de emergência até sua aposentadoria.

Tesouro IPCA+

O investimento que varia de acordo com a inflação se chama IPCA+. Nele a taxa de juros acompanha a variação do IPCA e, por isso, ao resgatar seu investimento ele estará, no mínimo, corrigido pela inflação.

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é o mais popular entre as opções do Tesouro Direto. Isso acontece porque sua liquidez é diária, e o que isso significa? Significa que o investidor pode resgatar o valor a qualquer momento antes da data de vencimento e ele não perderá nenhuma quantia, diferente das outras modalidades. É uma escolha muito comum para fazer reservas de emergência.

Corretora

Um dos primeiros passos para se tornar um investidor, é criar uma conta em uma corretora de investimentos. Essa corretora é a responsável pelos seus investimentos e ela deve ser regulamentada pela B3. Existem várias opções de corretoras com serviços e preços variados. Mas fique atento, pois na maioria das corretoras, as aplicações em renda fixa, como no caso do Tesouro Direto, são gratuitas. Escolha a que mais se encaixa com seu perfil e objetivos.

Agora que você já conhece o Tesouro Direto, está na hora de colocar em prática e se aprofundar mais no tema.

No site do Tesouro Direto você encontra materiais como vídeos e E-books que podem te ajudar a aprender mais detalhes sobre os investimentos e te dar mais segurança na hora de começar.

Além disso, o site também disponibiliza simuladores de investimento, onde você pode testar valores e modalidades para descobrir o que é mais adequado para você antes de escolher o seu investimento.

Artigos relacionados

Cada um de nós têm um perfil financeiro específico. Conhecer o seu perfil é importante para que você planeje seus investimentos e alcance os seus objetivos....

Você se pergunta: como começar a investir? A resposta pode ser mais simples do que parece. Investir é, simplesmente, colocar o dinheiro pra trabalhar pra você...

Se você tem vontade de investir, mas acha que não tem tempo ou dinheiro para isso, significa que você ainda não conhece o Tesouro Direto. O Tesouro Direto surgiu em 2002 como fruto de uma parceria entre o Tesouro Nacional e a B3. Esse projeto tem como objetivo possibilitar o acesso de toda a população aos títulos públicos e democratizar o acesso ao mundo dos investimentos, com aplicações no valor mínimo de R$ 30,00....