Limpar o nome: veja o passo a passo para voltar a ter crédito

Ao longo da vida, é comum que alguns imprevistos aconteçam, resultando na perda do controle das finanças pessoais. Em muitos casos, as pessoas acabam tendo o nome negativado por órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa, complicando ainda mais a situação.

O maior problema disso tudo é que muita gente acaba deixando de limpar o nome por achar difícil a negociação com os credores e, assim, acaba perdendo o acesso a créditos que poderiam ser utilizados para superar essa questão.

Mas não se preocupe! Limpar o nome não é tão difícil quanto parece. Basta seguir os passos descritos neste post que você rapidamente voltará a ter acesso aos cartões de crédito e aos empréstimos pessoais. Confira!

1. Liste as empresas que negativaram o seu nome

O primeiro passo para limpar o nome é descobrir e listar em quais lojas ou instituições financeiras você tem dívidas. Os cartórios, o SPC e o Serasa podem oferecer essas informações gratuitamente, caso o seu nome tenha sido registrado na lista deles.

Com um maior conhecimento de quanto e para quem você deve, fica mais fácil se organizar e planejar uma negociação de quitação das dívidas com melhor retorno.

 

2. Negocie os pagamentos individualmente

Faça contato para negociar cada dívida em particular. Seja verdadeiro e exponha os problemas que o levaram a chegar nessa situação. Em seguida, peça um desconto para quitar a dívida à vista ou solicite um refinanciamento com parcelas mais suaves.

Mostre interesse em quitar as dívidas, mas informe que, devido à perda do controle das contas, você precisa de melhores condições. Depois do pagamento da primeira parcela do refinanciamento ou do valor à vista, você terá o nome limpo.

 

3. Guarde todos os comprovantes

O comprovante dos pagamentos, impresso ou digital, é a única prova que você vai ter em caso de contestações no futuro. Por isso, seja prevenido. Grave as conversas de negociações via telefone, armazene as conversas via e-mail, chat ou SMS e, principalmente, arquive todos os comprovantes dos pagamentos efetuados.

Além disso, verifique sempre se os valores e os prazos correspondem ao acordo negociado. Saiba o que você está pagando, como os juros e as multas, para evitar enganos desnecessários.

 

4. Visite o banco e o cartório para limpar o nome

Se o seu nome foi negativado por causa de algum título protestado ou um cheque devolvido, o processo é um pouco mais demorado, mas simples de resolver.

Nesses casos, para limpar o nome, você também terá que negociar e pagar a dívida, mas precisará ir até o cartório e à agência bancária onde o cheque ou o título estiver vinculado. Possivelmente será cobrada uma pequena taxa pelo serviço, mas logo o seu nome estará limpo.

 

5. Faça uma nova consulta

Após as negociações e o pagamento das dívidas, as empresas possuem um prazo de até cinco dias úteis para limpar o nome do cliente.

Então, passado esse período, faça uma nova consulta junto aos órgãos competentes para saber se o seu nome foi realmente retirado da lista de devedores do SPC e Serasa.

Limpar o nome não é uma tarefa tão difícil. Basta você se organizar, planejar os pagamentos e ter atitude. Aproveite as dicas deste post para começar, hoje mesmo, um planejamento de quitação das dívidas e saia do sufoco.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais!