Investimentos: é possível aplicar pouco dinheiro e ter retorno?

Fazer um investimento é uma opção para qualquer pessoa e não é preciso ter uma grande quantia para começar. Muita gente já teve ter falado: quero investir o meu dinheiro! Isso acontece porque se sabe que alguns investimentos garantem um bom retorno financeiro.

Investimentos: é possível aplicar pouco dinheiro e ter retorno? Quais são as opções disponíveis e com qual quantia é possível começar? Se você não sabe a resposta para essas perguntas, confira este post!

Veja quanto tem para investir

Saiba que o investimento pode ser feito com qualquer quantia que tiver disponível, por isso, se todo mês sobra R$ 10,00 ou R$ 500,00, você pode investir. Claro que, conforme a quantia disponível, você não terá acesso a qualquer tipo de investimento porque alguns possuem cotas mínimas.

Tenha definido o tempo do investimento

Outro fator a ser considerado na hora de fazer a aplicação é por quanto tempo o seu dinheiro ficará investido. Deve-se fazer esse levantamento, pois, dependendo do investimento a ser feito, a rentabilidade é maior se o dinheiro permanecer aplicado por mais tempo.

Saiba qual é seu perfil de investidor

O seu perfil de investidor também deve ser traçado porque alguns tipos de investimentos possuem um grau mais alto de risco, ou seja, eles podem não render o esperado e até mesmo resultar em prejuízo. Se prefere ter cautela, sem se arriscar, os fundos de renda fixa podem ser uma opção que irá lhe proporcionar mais tranquilidade.

Com tudo definido, onde devo investir meu dinheiro?

Não existe uma regra de onde seu dinheiro deva ser investido. Se fosse assim todo mundo só investiria em uma opção. Mas é preciso conhecer algumas das que existem para conseguir decidir melhor. Veja só:

Poupança

Bastante conhecida dos brasileiros, tem a vantagem de ser livre de imposto de renda e ter uma rentabilidade mínima de 0,5% garantida. Nesse caso, pode-se sacar e depositar qualquer valor a qualquer momento, pois ela não precisa de um período mínimo para atingir a sua rentabilidade máxima. Em contrapartida, não garante os melhores resultados.

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

Esse também é um título de renda fixa que permite saber o quanto irá render no momento da adesão. Exige um valor mínimo para que seja feita a aplicação e tem incidência de imposto de renda. É recomendado para quem não vai mexer no dinheiro por um período, pois, quanto mais tempo ficar aplicado, maior será o rendimento.

Letras de crédito mobiliário (LCI) Letras de crédito do agronegócio (LCA)

Elas também são indicadas para pessoas mais conservadores e costumam ter um cota mínima para fazer a aplicação. Apesar de serem isentas de imposto de renda, podem ser cobradas taxas de administração, que variam de um banco para outro. Por isso, vale a pena pesquisar para conseguir as menores taxas e melhor rentabilidade.

Fundos de multimercado

Nesse caso, você faz um investimento em um fundo que pode fazer aplicações em diferentes opções. O administrador do fundo é que realiza essas aplicações e, para que isso ocorra, existe a cobrança de uma taxa de administração.

Títulos públicos

Esse é para quem não tem pressa, pois o valor só pode ser resgatado quando o título vencer e possui um valor mínimo de aplicação. É preciso ficar atento às taxas dos investimentos e também sobre a cobrança do imposto de renda. Sabendo como investir melhor, você consegue evitar o endividamento e ainda fazer seu dinheiro render com os melhores investimentos.

Costuma investir em algo? Deixe seu comentário abaixo!