Descubra como sair das dívidas com essas 10 dicas

Muitas pessoas perdem o controle das próprias contas e acabam se endividando, chegando a um ponto do qual não sabem mais como sair. Na verdade, é possível quitar suas dívidas e evitar que você caia de novo em situações como essa. Basta ter um pouco disciplina e organizar suas prioridades financeira. Que tal colocar isso em prática?

Descubra como sair das dívidas com essas 10 dicas.

1. Tenha um orçamento familiar

O primeiro passo para colocar as contas em ordem e sair das dívidas é saber exatamente com quanto dinheiro você pode contar, bem como quais são seus gastos. Procure identificar quanto de seu orçamento vai para o pagamento de dívidas, de gastos essenciais, supérfluos, etc. Quer ajuda nessa tarefa? Confira uma planilha-modelo de orçamento familiar aqui.

2. Procure negociar suas dívidas

Suas dívidas não param de crescer? Você sente que os juros só aumentam? Que tal sentar-se com seus credores e negociar formas melhores de pagamento, ou até mesmo uma redução? Acredite, seu credor prefere renegociar uma dívida do que ter que lidar com uma falta total de pagamento! O Quero Quitar também te ajuda nessa tarefa, já que essa plataforma pode intermediar essas negociações com seus credores!

3. Encontre formas de obter uma renda extra

Enquanto renegocia suas dívidas e se organiza financeiramente, que tal arrumar maneiras de ganhar um dinheiro extra? Procure alguma atividade rentável nos horários fora do expediente e comece a trazer mais dinheiro para seu bolso!

4. Mantenha controle sobre seus gastos

Em vez de simplesmente gastar até que sua conta corrente chegue ao zero, procure ser mais consciente. Isso não significa deixar de consumir. Mas é preciso saber exatamente com o que você tem gastado para que, caso seja necessário, você mude alguns hábitos de consumo. Para isso, conte com a ajuda de apps de controle financeiro, como o Meu Dinheiro, o Guia Bolso ou o Zero Paper!

5. Tenha metas de economia

Mesmo em momentos de endividamento, é importante criar o hábito de economizar. Ainda que esse dinheiro venha a ser utilizado para saldar dívidas no futuro, procure estabelecer metas de economia. Que tal começar com 10% de sua renda? Apps como o Minha Vida te ajudam a estabelecer essas metas, receber alertas e avisos constantes, além de acompanhar sua evolução ao longo do tempo.

6. Evite parcelar e prefira comprar à vista

Como já falamos em outro post (veja aqui), o crediário é o inimigo das finanças de uma pessoa endividada, já que você compromete uma renda futura ao parcelar suas dívidas. Evite comprar à prazo. Pense que, se não é possível comprar à vista, talvez não esteja na hora de fazer essa compra.

7. Priorize suas dívidas

Algumas dívidas são mais importantes de serem quitadas antes de outras. Por exemplo, dívidas com juros mais altos, como a do cheque especial e do cartão de crédito, devem ser imediatamente quitadas. Esses juros são muito altos e comprometem todo seu orçamento.

8. Corte supérfluos de seus gastos

Não há receita fácil que te ensine como sair das dívidas. Cortar supérfluos de sua compra pode ser difícil no começo, mas é necessário. Evite opções de lazer muito caras e procure substituí-las por eventos gratuitos (teatros, festivais de cinema, passeios no parque, etc.) e mais em conta.

9. Crie um fundo de emergências para o futuro

Sabe aquele dinheiro que você começou a economizar com a meta de 10%? Crie um fundo de emergência para essas aplicações e economize para o futuro. Caso alguma outra dívida apareça de última hora, você já sabe que poderá contar com esse dinheiro e não precisará se endividar novamente.

10. Seja realista!

Aprenda a lidar melhor com o dinheiro se quiser ter uma vida sem dívidas no futuro. Para isso, nada melhor do que uma dose de realismo em seu orçamento: tenha em mente quanto pode gastar por mês, quais são suas prioridades financeiras e aprenda a não cair novamente em tentações de consumo.

Descobriu como sair das dívidas com essas 10 dicas? Tem alguma dica para quem está nesta situação? Deixe um comentário e participe da conversa!