Como fazer o orçamento #2 – Como controlar e otimizar gastos

Agora que seu orçamento familiar já foi implementado como método de gestão financeira você já começa a perceber que seus gastos estão mais eficientes e que sua vida financeira está melhorando, mesmo que mantendo o mesmo ganho mensal.

Por mais que você tenha reduzido alguns custos isto foi feito de forma extremamente básica, e sim é possível melhorar a sua relação de eficiência de gastos ainda mais., ou seja, ainda é possível trabalhar para que você faça seu dinheiro render mais.

Mas como será possível fazer isso? Fique tranquilo que nós vamos de mostrar isso de forma detalhada ok? Então confira no post de hoje como fazer o orçamento #2 – Como controlar e otimizar gastos:

 

O primeiro passo para trazer ainda mais eficiência para sua vida financeira é adaptar sua estrutura de custos para algo chamado de Regra 50-15-35, mas como regras costumam ser chatas e desinteressantes pra fins de motivação vamos chamar isso de Mantra, ok?

O Mantra da eficiência de gatos

A regra, ou melhor o Mantra dos 50-15-35 é algo que parece simples e sem importância mas acredite, este mantra pode mudar profundamente a sua vida financeira. Mas o que significa os números 50-15-35?

Os números contidos no titulo do mantra exemplificar a porcentagem que você deve despender a cada área da sua vida, conforme descrição abaixo:

50% para gastos essenciais:

Os gatos essenciais correspondem todos os gastos básicos de sobrevivência como moradia, educação, transporte, alimentação, agua, luz, telefone, saúde… já deu pra entender.

15% para prioridades financeiras.

Isto consiste que 15% de seu orçamento será impreterivelmente destinado a cobrir dívidas existentes ou no caso da inexistências destas será destinado a criar uma reserva para emergências ou investimentos.

35% para seu estilo de vida.

Estilo de vida é tudo o que mantém o seu padrão de vida desejado e isso consiste em restaurantes, bares, baladas, viagens, tv a cabo, compras e tudo mais que mantém seu estilo de vida.

 

Agora que você já conhece de forma detalhada o mantra dos 50-15-35 é hora de torná-lo uma realidade constante em sua vida, mantenha sempre que para aprofundar uma melhoria profunda e real da sua qualidade de vida financeira este mantra deve ser colocado em prática, o quanto antes possível, porém sempre tendo em mente que este tipo de remanejamento de custos na sua estrutura financeira pode levar um tempo.

Adaptando sua realidade ao Mantra

Adaptar sua vida financeira ao seu novo mantra econômico (50-15-35) é um processo desafiador, e por mais que o ideal seja implementa-lo o mais rápido possível isto depende de inúmeros fatores internos e externos que devem ser previamente analisados e aplicados de forma planejada, de forma a se isentar riscos.

Diminua seu aluguel, renegocie financiamentos, coloque as crianças em uma escola mais em conta, baixe o valor da mesada, diminua o orçamento mensal para diversão, e por favor zere o pagamento de multas e juros oriundos de atrasos de pagamento, estes são somente alguns doa passos que podem ser dados para se adequar ao Mantra dos 50-15-35.

Mas mantenha em mente que isso tudo depende da analise de questões legais e contratuais além de exigir uma conversa honesta com a sua família, jogue limpo sempre, mantenha sua família sempre informada sobre o andamento do plano e inclua-os nas tarefas necessárias para a execução do novo passo de seu planejamento financeiro familiar.

Agora que todos estão cientes e engajados em aplicar o novo mantra econômico da família só falta definir um calendário realista de prazos e metas e colocar seu novo planejamento em prática, ao adaptar sua vida financeira ao seu novo mantra você passa do controle básico para o controle pleno de sua vida financeira, e isto é o que irá leva-lo diretamente ao caminho da prosperidade financeira, simples assim!

Controle de gastos em tempo real

Sua estrutura de gastos está sendo adaptada para o mantra dos 50-15-35 e isto é excelente, mas nesta etapa um dos problemas mais comuns é o controle de gastos, pois este se trata de um trabalho braçal e por isso lento, o que acaba fazendo com que o controle financeiro seja pouco preciso e muitas vezes até abandonado, tenha cuidado pois descontrole e crescimento financeiro não combinam.

Quando você construiu o seu modelo de orçamento financeiro familiar você escolheu um modelo de gestão que que melhor se adapta a você e seu cotidiano, e tudo certo quanto a isso, não é neste modelo que queremos mexer, mas agora chegou o momento de dar um passo a frente e criar um método de controle financeiro que possibilite o acompanhamento em tempo real, além do já existente controle mensal.

O ideal hoje é possuir uma conta em um banco que possua um bom internet banking, ou até mesmo em um destes novos bancos 100% digitais, como Banco Original ou Neon. Para os cartões de crédito vale a mesma regra, ou seja, dê preferencia aos que possibilitem o controle através do App, como Nubank ou Digio, e por final ligue tudo a um software ou app de controle financeiro em tempo real, como o GuiaBolso, Mint, Finanças Pessoais, Monefy, entre outros.

Pode parecer complexo, mas ligar sua conta bancaria e cartão de crédito a um aplicativo de controle financeiro possibilita que você acompanhe em tempo real, diariamente o andamento de seus gastos, saiu da linha hoje? Compense o mais rápido possível! As crianças estão gastando demais? Diminua o limite delas instantaneamente!

Fazer a tecnologia trabalhar com você pode ser a diferença entre tentar e conseguir, e em tempos onde os computadores estão nos bolsos de todos acompanhar sua vida financeira em tempo real é uma atitude extremamente sábia.

Suas contas estão se adaptando rapidamente ao Mantra do 50-15-35, e após pequenas dificuldades todas as suas contas estão interligadas e sendo gerenciadas em tempo real através de um aplicativo de controle financeiro, assim que o App demonstrar que você atingiu com sucesso 50-15-35 chegou a hora de dar o próximo e decisivo passo que é fazer o seu dinheiro trabalhar para você! Mas isso é papo para outro post. 😉

Gostou? Comente!