8 dicas para não se endividar no natal

Já percebeu como o período de final de ano é particularmente semelhante todos os anos? Chega o Natal e com ele as viagens e encontros de família, comemorações de final de ano no trabalho e muitos amigos secretos que não são lá tão secretos assim, presentes embaixo de seus pinheirinhos e a mesa sempre farta e com as opções de com, ou sem a polêmica uva passa.

Para poder cumprir toda a saga natalina tranquilamente é necessário usar bem o dinheiro pois esta é simplesmente a época mais propicia do ano para o endividamento, sabe aquele filme da festa que acaba em pesadelo? Controle os riscos e compre de forma inteligente, confira nossas 8 dicas para não se endividar no natal.

 

1 – Defina um orçamento

De todas as dicas para não se endividar no natal a mais fundamental é que ter um orçamento é básico, saber o quanto você pode gastar é o mínimo para se conseguir fazer as compras de natal de forma eficiente e principalmente consciente, não ouse sair de casa sem ele.

 

2 – O orçamento deve ser parte do seu 13o Salário

Viver no Brasil não é fácil, o sistema de impostos brasileiro está embutido praticamente em todas as partes de nossa vida, isso torna o custo de vida aqui bastante alto, talvez este seja um dos motivos de o governo ter criado o 13o salário, que dá uma folguinha ao trabalhador que está sob a égide da CLT no período de final de ano. Mas a prática de bonificação é bastante comum mesmo em atividades profissionais realizadas sob regimes especiais e de pessoa jurídica.

Independentemente da fonte de sua bonificação é importante que você use somente essa fonte de recurso e de preferência fracionando o valor, usando somente uma fatia dele para seus gastos de natal, afinal de contas as festas de final de ano ainda não acabaram, o réveillon vem ai. 😉

 

3 – Defina prioridades para fazer a lista

Ceia de natal, presente da namorada, passagem aérea, os custos de natal geralmente são altos pois eles são diversificados, então é super importante listar as prioridades de compra (que devem ser compradas primeiro) e de gastos (que necessitam de maior valor de compra, isso te permite pesquisar preços com antecedência e comprar o necessário gastando menos, e isso é sempre ótimo!

4 – Monte a lista baseada no orçamento

Você esta seguindo as dicas para não se endividar no natal, montou a lista e definiu as prioridades, mas mesmo assim o valor de tudo ficou acima do que você possui em seu orçamento, bom agora vem a parte trabalhosa, mas também divertida.

Comece analisando a lista de compras, procure identificar oportunidades onde você possa efetuar trocas por produtos similares, pesquise por preços mais baixos ou até mesmo mude de opção, mas mantenha-se sempre dentro do orçamento.

 

5 – Ser criativo te faz gastar pouco

Dizem que a necessidade é a mãe da criatividade, use isso a seu favor, ser criativo geralmente custa pouco e é sempre bem recebido, pois em um mundo de consumo massificado ser um ponto fora da curva é sempre algo a ser lembrado, além de te fazer parecer muito mais descolado.

A criatividade se manifesta de diversas formas, você pode trocar produtos por atividades, pode mudar seu método de transporte, pode decidir tornar a sua ceia deste ano em Ceia Vegana, a criatividade não tem limites, explore-a!

6 – Comprar Online é uma ótima opção

Comprar online é sempre interessante pois simplesmente é mais barato. Lojas online possuem menos custos, eles não tem lojas físicas nem vendedores, e isso torna os produtos que eles vendem ligeiramente mais baratos do que no mercado de varejo tradicional.

Outro aspecto positivo são os aplicativos de compra assistida e pesquisa de preços, que te ajudam a encontrar o produto certo pelo menor preço, isso sem contar nas inúmeras promoções de natal que as lojas online oferecem.

Outra dica importante é tentar comprar mais de um produto em uma única loja online, se baseando sempre no valor que garante que o frete seja grátis, receber os as comprar em sua casa sem pagar pelo transporte pode te fazer poupar um bom dinheiro. J

 

7 – Compre com antecedência

Pense o seguinte, quanto mais próximo do natal, mais cara a sua compra fica. Tudo bem isso não se aplica como regra geral, mas é um mindset válido, e só vai te ajudar a evitar stress enquanto ainda salva um bom dinheirinho.

Outro fator importante, principalmente no caso de compra online, mas também aplicada a produtos de maior valor é o prazo de entrega, é muito importante saber quando você comprar se o produto vai chegar até o natal, afinal de contas se não chegar a tempo não vale de nada.

 

8 – Sempre mantenha o plano

A última e mais importante dica é, se você montou um planejamento então mantenha-se sempre dentro do seu plano, pois até uma leve mudança feita de forma pouco pensada aumenta dramaticamente o seu risco de endividamento e pode transformar o seu período de festa em um próximo ano de lamentações.

Gostou? Compartilhe com aquele seu amigo que precisa muito de dicas para não se endividar no natal!