6 dicas para evitar o endividamento em tempos de crise

Devido à crise econômica que estamos enfrentando, mais do que nunca, é hora de buscar soluções para economizar nos gastos e evitar o endividamento. Muitas pessoas têm consciência de que é necessário mudar algumas atitudes, porém não sabem por onde começar.

Como superar os tempos de crise sem comprometer o orçamento? Confira 6 dicas para evitar o endividamento em tempos de crise!

Comece controlando o orçamento mensal

Para controlar seu orçamento, você pode utilizar uma planilha simples ou um aplicativo no smartphone, por exemplo. O importante é que você liste suas fontes de renda e quais são seus gastos, que devem ser lançados da forma mais detalhada possível.

Isso ajuda a compreender de que forma o seu dinheiro é gasto e a entender melhor qual é o seu perfil de compras. Na hora de reduzir alguns gastos, esse detalhamento é fundamental.

Reduza ou corte alguns gastos

Em tempos de crise, não dá para gastar com refeições fora todos os finais de semana. Reservar uma quantia para o lazer é essencial, e ajuda a evitar o estresse que a rotina proporciona, mas pode ser que seja o momento de rever algumas coisas e fazer algumas substituições.

Planeje suas compras com antecedência

Um dos maiores motivos de endividamento é, sem dúvidas, a compra por impulso. A melhor forma de driblar esse problema é planejando todas as compras antecipadamente.

Faça uma lista com tudo que você precisa e deseja comprar. Depois avalie se essas coisas são realmente necessárias nesse momento ou se essa compra pode esperar um momento mais oportuno.

Assim, você racionaliza melhor antes de comprar. Essa dica vale, inclusive, para compras no supermercado, evitando comprar muito além daquilo que é necessário para determinado período.

Cuidado com o uso do cartão de crédito

Esse é, também, um dos maiores motivos de endividamento. O grande problema do cartão de crédito é que ele transmite a sensação de que se pode gastar a vontade, porém, a conta vem depois maior do que se espera, caso não haja planejamento. Portanto, seja criterioso quanto à utilização dessa facilidade e deixe para usá-lo somente em caso de emergência, ou somente quando for realmente necessário.

Adote o hábito de poupar.

Pode começar com quantias menores e ir aumentando aos poucos. O importante é criar o hábito de sempre reservar um dinheiro na poupança. Isso ajuda a evitar gastos desnecessários e ainda cria uma reserva que pode ser utilizada caso surja algum imprevisto.

Prefira pagar suas compras à vista.

Busque fazer compras à vista. Dessa forma, você passa a comprar apenas aquilo que, de fato, pode pagar.

Caso não seja possível fazer dessa forma, evite longos parcelamentos e planeje o prazo para pagamento fugindo do acúmulo de prestações, o que pode fazer com que haja dificuldade em honrar cada um dos compromissos. O primeiro passo para evitar o endividamento em tempos de crise é adotar a mudança de atitude.

É preciso mudar a forma como os gastos são realizados e, principalmente, como eles são planejados. Além do mais, dessa forma, é possível controlar melhor o seu futuro e fazer um planejamento em longo prazo, correndo menos riscos.

O que achou do post de hoje? Então aproveite para assinar a nossa newsletter agora mesmo e receber em primeira mão todas as novidades que surgem aqui no blog!